PORTES GRÁTIS PARA ENCOMENDAS SUPERIORES A 50,00€
  Blog

Escolha do Sommelier: Quinta dos Nogueirões Selection

Escrito em 01 de agosto de 2020

Escolha do Sommelier: Quinta dos Nogueirões Selection

Um tinto do Douro, numa harmonização diferente.

  

Será a segunda vez no meu percurso como profissional neste mundo tão incrível dos vinhos, que vou partilhar um momento pessoal, durante uma degustação de um vinho. O motivo desta minha partilha, é abrir a porta a outras sensações que poderão ser provocadas por um bom vinho, para além de aquelas a que estamos habituados. É típico e culturalmente nosso, o hábito de bebermos um vinho para acompanhar uma refeição, ou para acompanhar uma boa conversa entre amigos, que acaba quase sempre, por ser também ela acompanhada por alguns petiscos. 

Caros apreciadores, o vinho, é muito mais versátil do que isso e, até os vinhos que pedem algo mais, não têm de ser obrigatoriamente harmonizados com comida. A prova disso são os relatos cada vez mais usuais dos novos apreciadores de vinho, que o bebem por puro prazer, sozinhos ou acompanhados, usufruindo, por exemplo, de uma paisagem agradável, relaxando o corpo e a mente durante uma viagem de sabores. Eu gosto de fazer essa viagem com um bom vinho e neste “meu” momento que vou partilhar, harmonizei um vinho tinto com um livro. 

Era domingo, um daqueles domingos em que não queremos sair do sofá – acontece a todos! O dia estava ventoso, típico do litoral norte do país, nublado e cinzento. Este cenário pedia um vinho tinto, escolhi então uma garrafa Quinta dos Nogueirões Selection, um vinho do Douro, um dos melhores exemplos do meu perfil preferido de vinhos. Abri a garrafa e passei-o lentamente para o decanter e deixei-o repousar. Enquanto isso, peguei num copo estilo Borgonha e sentei-me no sofá com vista para o dia lá fora. Servi um pouco no meu copo, absorvi o seu vermelho profundo, bebi e deixei-me levar pelos sabores maduros bem presentes neste vinho encorpado, com notas de violeta e fruta madura, típicos de um Vinhas Velhas envelhecido em carvalho. Este vinho, com todo o seu peso na boca e presença bem acentuada pelo corpo e pelo volume de álcool de 15,72%, pedia-me companhia. Peguei então num livro que tinha acabado de comprar - “Somos todos pecadores”, um livro apaixonante de Duarte Monteiro, que relata episódios da vida de um personagem, duma forma pura e crua, que desperta no leitor todos os sentidos (e mais não conto).

Episódios esses que, harmonizados com o vinho Quinta dos Nogueirões Selection, me prenderam durante 6 horas numa viagem entre as cidades descritas pelo autor e os sabores oferecidos por este vinho. Um casamento que só acabou, quando a noite ia já longa, com a última página do livro e a última gota de vinho que se foi transformando ao longo das horas em que a meu lado foi respirando. 

Escolham um bom vinho, com um perfil que gostam e experimentem criar momentos como este, com um livro ou uma boa música. 

 

Boas degustações 

 

Quinta dos Nogueirões Selection, disponível na loja VINHO PORTUGUÊS


×

Página destinada a maiores de 18

O conteúdo deste site destina-se em exclusivo a público adulto. Como tal, está interdito a menores de 18 anos.

Continuar Sair